BOM DEMAIS PARA ACONTECER

O projeto do prefeito Eduardo Paes para recuperar o centro da cidade, num quadrilátero a receber tratamento nas áreas da segurança, limpeza, remoção de ambulantes e população de rua, não deve envolver maiores despesas e vai elevar a autoestima da população. Mas tem de ter sustentabilidade.

O centro precisa de um mínimo de vida noturna. Para isso, basta prorrogar o funcionamento do comércio e estimular restaurantes ícones, como Colombo e Casa Cave, a abrirem para o jantar, de quinta a sábado, incluindo até música ao vivo, com um piano mesmo. Seria bom também investir na iluminação nos prédios históricos, como as igrejas, a Casa França-Brasil, Correios, CCBB, Palácio Tiradentes, Palácio Pedro Ernesto, Biblioteca Nacional (com funcionamento até às 22 horas), Museu de Belas Artes, Clube Naval, Teatro Municipal.

É necessário baixar logo o decreto ou mandar mensagem à Câmara de Vereadores dando estímulos à transformação de prédios comerciais em residenciais ou em hotéis como o Aeroporto, na Beira Mar, e à construção de mais garagens na área. A Secretaria de Cultura, sempre em combinação com o Estado e a União, deveria incentivar a volta do teatro ao centro, incluindo a Praça Tiradentes.

O Largo da Carioca, tão abandonado, poderia receber, no final da tarde das sextas, uma apresentação de bandas militares, tão do gosto popular, levando famílias ao encontro de seus chefes que trabalham no centro. E, às terças, uma feira organizada de velharias, bem apresentada; às quintas, um festival de comida de rua, com vans, baiana, churrasquinho etc.

Muita coisa a ser feita com criatividade, ordem e segurança. Vale a pena sonhar!!!

 

Artigo Publicado no Jornal Correio da Manhã

você pode gostar também Mais do autor

2 Comentários

  1. Heloiza Bicalho Brandao diz

    Como sempre seus artigos são excelentes. Mas esse ganhou o meu coração totalmente. Sonhar faz o maior bem, principalmente no meio de uma terrível pandemia e um governo tão tóxico. Obrigada v

  2. aristoteles drummond diz

    OBRIGADO E SEMPRE QUE TIVER UM SONHO VAMOS VER SE SONHAMOS JUNTO. Meu espaço nos jornais aqui e em Portugal são divididos pelas pessoas sensatas e que amam o bem .

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.