Paes insiste em errar

O Rio foi exemplar na vacinação, tudo funcionou a contento e só não apresentou índices maiores de imunização pela falta de vacinas. O prefeito atuou com competência e sem contestação.

Não precisava, portanto, telefonar para o governador João Doria para agradecer a iniciativa do acordo com a China, que permitiu a fabricação entre nós da Coronavac e, agora, dentro de dias, com o IFA nacional. Todo mundo sabe deste acerto do pré-candidato ao Planalto. Como se sabe que o governo federal foi negligente na aquisição de vacinas e leviano nas tentativas de desacreditar a vacina “paulista”, que comprou e vem aplicando.

Eduardo Paes está perdendo, mais uma vez, a oportunidade que o destino lhe deu, pela segunda vez, de preencher o vazio de lideranças políticas moderadas e competentes. Teima em não ser como os brasileiros – e cariocas – querem que seja.

O Rio tem memória. Nos anos 1980, o Estado ficou parado quatro anos, pois o governador só fazia política, hostilizava o presidente da República, não deixou uma obra de referência e teve de desistir de disputar mandatos tal a dificuldade de ser votado, com duas vergonhosas derrotas depois de deixar o Laranjeiras.

O mais emblemático de nossos governadores, Leonel Brizola, deu-se bem em seus dois mandatos por ter boa relação com presidentes adversários, como Collor e João Figueiredo.

Os cariocas querem um prefeito que administre, o que ele sabe fazer, e não faça política, que ele parece não saber. Caso não queira se aproximar do governador ou presidente, guarde discrição e se manifeste quando iniciado o processo eleitoral.

O Rio precisa reagir. Os projetos estão aí, na Prefeitura, no governo do Estado, na livre empresa, na sociedade. Seus triunfos são os projetos fundamentais da retomada da normalidade , a revitalização do centro e apoio a nova zona portuária, o apoio ao turismo . Espere o momento para fazer política e não se deixe levar pelo charme da burguesia esquerdista.

Não nos decepcione, por favor!

 

Publicado em: Jornal Correio da Manhã 05-08-2021

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.