Historias e Estórias #29

Existe um ditado árabe que diz: “Quem planta tâmaras, não colhe tâmaras!” Isso porque antigamente as tamareiras levavam de 80 a 100 anos para produzir os primeiros frutos.

Conta-se que, certa vez, um senhor de idade avançada plantava tâmaras no deserto quando um jovem o abordou, perguntando: “Mas por que o senhor perde tempo plantando o que não vai colher?”. O senhor virou a cabeça e, calmamente, respondeu: “Se todos pensassem como você, ninguém colheria tâmaras”. Ou seja, não importa se você vai colher, o que importa é o que você vai deixar… Cultive, construa e plante ações que não sejam apenas para você, mas que possam servir para todos e para o futuro. Nossas ações hoje refletem no futuro. Se o tempo não é tempo de colher, bem, pode ser tempo de semear.

Recebi esse texto pela Internet e publico, porque estou convencido de que o Brasil vive o momento de plantar. As dificuldades na economia são grandes demais para serem resolvidas no curto prazo. Não piorar já é um ganho, mas é preciso plantar para mais adiante retornarmos a trilha do progresso. Temos de nos convencer disso e cada um dar sua cota de sacrifício, de renúncia a algo, para que as coisas possam melhorar e não agravar o sofrimento dos mais fracos.

Tudo isso é para que o leitor medite e lute pelas causas do bom senso e combata os que prometem o que não podem entregar e criticam o que sabem estar certo. Tem gente passando fome, desempregada, doentes sem tratamento. Mais amor ao próximo e menos política barata.

You might also like More from author

Leave A Reply

Your email address will not be published.